terça-feira, 15 de março de 2011

No jornal "A Tribuna" de Batatais


Era apenas um passeio de tres dias na casa de uma irmã em Batatais. Uma paz, silêncio,...percebi que a cidade voltou a tolerar a existência dos galos, que antes eram proibidos cantar. Na primeira madrugada, eu ouvi alguns cantos dos galináceos que enchiam de magia as minhas madrugadas de infância na cidade de Mirante do Paranapanema. A tarde sentei-me num banco de concreto de uma das praças da ciade. Menos de minutos e uma simpática jornalista, solitária pediu permissão para entrevistar-me sobre o clima da cidade. Pensei logo que era uma paparazzi, fiquei contente, mas logo acordei e vi que era uma jornalista fazendo o seu serviço da forma correta. O que que um paparazzi ia querer com um escritor cordelista de férias? O cordel ainda não ocupou o seu verdadeiro lugar ao lado do soneto, na literatura erudita, oficial.... A entrevista também foi curta e a promessa de uma reportagem posterior sobre o assunto Cordel. Estou no aguardo. No final de semana, eu estava no jornal A Tribuna de Batatais. Quanto a cidade, só posso dizer que tem um clima delicioso.
Josué

Minha lista de blogs preferidos